Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ana Pinto

Ler. Partilhar. Sentir.

Ana Pinto

Ler. Partilhar. Sentir.

Sal

Enquanto for noite

Memória

Maio 24, 2024

Foto de Alex Andrews no Pexels

Não quero acordar. Quero só ficar na cama, a tentar sonhar contigo. Antes ter‑te perto e por dentro, do que longe e por fora da minha vida.

Não quero levantar‑me e começar o dia. Quero ficar na penumbra deste quarto, sem saber da luz nem do tempo que faz lá fora.

Aqui a noite é tão eterna quanto eu a quiser. O dia não começa, enquanto eu não abrir os olhos.

Estás aqui: ao alcance da minha vontade, das minhas mãos dormentes, a tua voz a sorrir como sempre. Enquanto for noite, estás aqui comigo, aconchegado sob os meus olhos fechados e o meu sonho aberto.

Não me quero levantar e deixar entrar o dia.

No dia, tudo volta à realidade, e tu deixas de existir, outra vez. Mas no meu sonho, na minha noite, tu vives para sempre.

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D